ORGANIZAÇÃO

- Avelino Francisco Zorzo (PUCRS, Coordenação Geral)

- Alexandre Agustini (PUCRS)

- Ana Paula Terra Bacelo (PUCRS)

- Cristina Moreira Nunes (PUCRS)

- Daniel Antonio Callegari (PUCRS)

- Marcelo Hideki Yamaguti (PUCRS)

- Márcia de Borba Campos (PUCRS)

EVENTOS BASE

 

EVENTOS SATÉLITES

OUTRAS ATIVIDADES

  • Fórum de Coordenadores de Pós-Graduação

  • Fórum IFIP/SBC

  • PET WEI

  • Reunião CNPQ/CAPES

  • Reunião com Secretários Regionais

  • Reunião Comissão de Educação

  • Reunião Comissões Especiais

  • Reunião Comitê Gestor

 

INSTITUIÇÕES ORGANIZADORAS

 

Faculdade de Informática da PUCRS

 

Sua criação inicial se deu com o Departamento do Instituto de Matemática em 1971. Em 1977 passou a Instituto de Informática e, finalmente, em 1998, em razão de uma reforma na estrutura da PUCRS, se tornou a Faculdade de Informática da PUCRS. Atualmente dispõe de uma infra-estrutura moderna e um corpo docente com 73 membros, sendo 57 doutores em diversas universidades do mundo, que permitem oferecer uma gama de cursos de qualidade, tanto em nível de graduação como de pós-graduação, além de um conjunto relevante de projetos de pesquisa com apoio governamental e em parceria com empresas.

 

A Faculdade abriga atualmente três cursos de graduação, O Bacharelado em Engenharia de Software, o Bacharelado em Ciência da Computação e o Bacharelado em Sistemas de Informação, além de oferecer em parceria o curso de Engenharia de Computação de responsabilidade da Faculdade de Engenharia. Além disso, a Faculdade oferece dois curso de especialização: Especialização em Gerenciamento de Projetos com ênfase em Tecnologia da Informação e Especialização em Jogos Digitais.


O Bacharelado em Engenharia de Software trata-se de um curso novo, pioneiro na região metropolitana de Porto Alegre, que se destina a quem deseja trabalhar com arquitetura e processo de desenvolvimento de software. Inovador em sua concepção, foi criado a partir do contexto da indústria regional e nacional, no qual grandes empresas de software demandam este tipo de profissional.

 

O Bacharelado em Ciência da Computação tem foco em modelagem computacional e desenvolvimento de algoritmos para a solução de problemas complexos, o currículo oferece uma base sólida dos fundamentos da computação e uma visão profunda de temas como linguagens de programação, sistemas operacionais, redes e sistemas distribuídos, engenharia de software, inteligência computacional, computação gráfica e desenvolvimento de jogos.

 

O Bacharelado em Sistemas de Informação destina-se a estudantes que se interessam pela área de Sistemas de Informação, em especial pelas atividades que envolvam a análise, a construção e o gerenciamento de sistemas e de toda a infraestrutura de tecnologia para utilizá-los. Os alunos deste curso inserem-se rapidamente no mercado de trabalho, atuando em posições de destaque nas equipes de Tecnologia da Informação (TI) das organizações.

 

No que se refere à pós-graduação e à pesquisa, a Faculdade conta há mais de 20 anos com um Programa de Pós-Graduação (PPGCC) que oferece atualmente os cursos de Mestrado e de Doutorado em Ciência da Computação (avaliação 5 na CAPES). Até o presente, o PPGCC já formou 492 Mestres e 65 Doutores em Ciência da Computação muitos dos quais se encontram atualmente ocupando postos em universidades e empresas nacionais e estrangeiras. Os egressos dos PPGCC recebem formação para atuar na tanto academia (ensino/pesquisa) como no desenvolvimento de aplicações de alta complexidade e conteúdo tecnológico relevantes para grandes organizações. O corpo docente permanente do Programa tem formação em diversas áreas da Computação obtida nas melhores universidades do Brasil e do Exterior. Em torno da metade dos docentes possui Bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPq.

 

O parque tecnológico da PUCRS, TECNOPUC, localiza-se em área contígua ao campus da PUCRS e a pouco mais de 100 metros da FACIN. O parque conta com aproximadamente 120 organizações instaladas e 6.300 postos de trabalho. Aproximadamente 75% das operações do TECNOPUC são na área de Computação, o que constrói para os estudantes de computação um ambiente fluido entre o estudo e a transposição para a prática, com possibilidades estruturadas de inovação e desenvolvimento.

 

SBC

A Sociedade Brasileira de Computação (SBC) é uma associação científica, sem fins lucrativos, que integra pesquisadores, professores, estudantes e demais profissionais que atuam em pesquisa científica, educação e desenvolvimento tecnológico na área da Computação 
.  
A SBC tem como principal objetivo estimular o desenvolvimento tecnológico computacional no Brasil de maneira a apoiar e motivar a área de pesquisa e docência. A crescente busca pela visibilidade brasileira no cenário nacional e internacional quanto as publicações e o desenvolvimento da Computação, fazem da SBC uma associação científica cuja visão positiva fomenta e acredita no desenvolvimento brasileiro em âmbito computacional. 
 
A Sociedade Brasileira de Computação faz parte da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e da International Federation for Information Processing (IFIP). A instituição também é associada ao Centro Latino-americano de Estudios en Informatica (CLEI) e afiliada à IEEE Computer Society. A instituição é regida por um estatuto e administrada por uma Diretoria. A SBC também possui um Conselho com funções deliberativas e normativas. 
 

COORDENAÇÃO