13º SBSC -Simpósio Brasileiro de Sistemas Colaborativos 

English version

Coordenadoras do evento:

Sabrina Marczak (PUCRS)

Josiane Kroll (PUCRS)

Coordenadoras do comitê de programa:

Denise Del Re Filippo (UERJ)

Carla Diacui Medeiros Berkenbrock (UDESC)

Coordenadora do Workshop de Teses e Dissertações: 

Rita Suzana Maciel (UFBA)

Comitê Gestor da Comissão Especial de Sistemas Colaborativos (CESC):

Raquel de Oliveira Prates (UFMG) - coordenadora

Thais Helena Castro (UFAM) – vice coordenadora

Adriana Santarosa Vivacqua (UFRJ)

Mariano Pimentel (Unirio)

Bruno Gadelha (UFAM)

Igor Steinmacher (UTFPR)

Cleidson de Souza (UFPA)

Apoio à Coordenação Local:

Bernardo Estacio (PUCRS)

Carolina Toscani (PUCRS)

Greice Roman (PUCRS)

Júlia Couto (PUCRS)

Instituição organizadora: PUCRS

E-mail para contato: sbsc2016.cp@gmail.com

Apresentação:

O Simpósio Brasileiro de Sistemas Colaborativos (SBSC) convida a comunidade científica e demais interessados para a submissão de artigos. O SBSC discute o desenvolvimento, a avaliação e o uso de ferramentas para dar suporte à colaboração entre pessoas. Alguns exemplos atuais de sistemas colaborativos de sucesso incluem redes sociais, ambientes de desenvolvimento distribuído de software, sistemas de compartilhamento de arquivos, mundos virtuais, editores cooperativos, wikis, sistemas de gestão de conhecimento e ferramentas de comunicação, como videoconferência e blogs. As discussões envolvem, sob várias perspectivas, o desenvolvimento e a avaliação de sistemas colaborativos, a investigação de como a colaboração ocorre na prática e a aplicação de sistemas colaborativos em diversos domínios.

PROGRAMAÇÃO 

05 de julho de 2016

08:30 - 10:30  Abertura SBSC e Sessão técnica 1- Segurança, privacidade e identidade em sistemas colaborativos

  • PryVis: Uma ferramenta para Modelagem de Design de Privacidade

Maria Villela (UFVJM), Lidia Ferreira (UFMG), Diego Barros (UFMG), Raquel Prates (UFMG), Raquel de Melo-Minardi (UFMG)

  • Uma Análise do Impacto do Anonimato em Comentários de Notícias Online

Julio Reis (UFMG), Manoel Júnior (UFMG), Lucas Miranda (UFMG), Raquel Prates (UFMG), Fabricio Benevenuto (UFMG) 

  • Privacidade para Crianças e Adolescentes em Redes Sociais Online sob a lente da Usabilidade: Um Estudo de Caso no Facebook

Cristiana Silva (PUC Minas), Glívia Barbosa (CEFET-MG), Ismael Santana (CEFET-MG),Tatiana Silva (Faculdade de Ciências Médicas), Fernando Mourão (UFSJ) 

  • Caracterização das Estratégias de Privacidade do Instagram

Geanderson Santos (UFMG), Glívia Barbosa (CEFET-MG), Marcelo Barbosa (PUC Minas) 

  • Caracterização das Estratégias de Qualidade de Uso que Potencializam a Utilização Contínua de Aplicativos Colaborativos de Navegação: Um estudo de caso no Waze

Glívia Barbosa (CEFET-MG), Geanderson Santos (UFMG), Lorena Tomagnini (CEFET-MG), Ismael Santana (CEFET-MG)

10:30 - 11:00  Coffee-break

11:00 - 13:00  Sessão técnica 2- Estudos empíricos de avaliação de sistemas colaborativos

  • Identifying Awareness Requirements in Face-to-Face Collaborative Applications for Users with Autism Spectrum Disorders

Greis Silva (PUC-Rio), Alberto Raposo (PUC-Rio)

  • Interoperability Requirement to Enhance Collaboration in Software Product Lines: A Systematic Mapping

Frâncila Neiva (UFJF), Heleno Campos (UFJF), José Maria David (UFJF), Regina Braga (UFJF), Marco Antônio Araújo (UFJF), Fernanda Campos (UFJF), Rita Suzana Pitangueira Maciel (UFBA)

  • Aplicando o Design Science Research no Desenvolvimento de um Sistema Colaborativo Assistivo

Daniel Silva (UDESC), Deivid Sartori (UDESC), Carla Berkenbrock (UDESC), Celso Hirata (ITA)

  • Um Estudo Empírico sobre Crowdsourcing: O Brasil na plataforma TopCoder

Carlos Lopes (UFPA), Ricardo Melo (UFPA), Renato Ferreira (UFPA), Muller Miranda (UFPA), Cleidson de Souza (ITV and UFPA)

  • Os Programas de Engajamento em Software Livre Atraem Estudantes à Colaboração Voluntária? Um Estudo Empírico do Google Summer of Code

Jefferson Silva (USP), Igor Steinmacher (UTFPR), Marco Aurelio Gerosa(IME - USP)

13:00 - 14:30  Almoço

14:30 – 16:30 SECOMU

 

16:30 – 17:00 Coffee-break

 

17:00 – 19:00 Palestra nacional - Prof. Mariano Pimentel (UNIRIO)

Design Science Research: método de pesquisa científica com desenvolvimento de artefatos

 

18:30 – 19:30 Workshop de Teses e Dissertações

  • Análise do uso da Comunicação Aumentativa e Alternativa em Terapias de Grupo para Pessoas com Deficiência Intelectual

Andrei Carniel (UDESC), Carla Diacui Medeiros Berkenbrock (UDESC)

  • Busca e Recuperação de Componentes em um Ecossistema de Software Científico

Phillipe Marques1 (UFJF), José Maria N. David1 (UFJF), Regina Braga1 (UFJF)

  • A Context-Aware Approach to Pragmatic Interoperability

Albano P. Machado (UFBA), Rita Suzana P. Maciel (UFBA)

 

21:00 – 24:00 Jantar de confraternização – por adesão

 

06 de julho de 2016

08:30 - 10:30  Sessão técnica 3 - Colaboração utilizando dispositivos móveis e ubíquos; novos dispositivos de interação

  • Uma Ferramenta de Telepresença Imersiva usando Oculus Rift

Philip Dunker (PUC-Rio), Alberto Raposo (PUC-Rio)

  • Carona Universitária App: Investigando as Relações de Troca, Segurança e Recompensa no Desenvolvimento de uma Aplicação Móvel Voltada a uma Comunidade

Antônio Henrique Gonçalves Leite (UFMG), Luiz Paulo Damilton Corrêa (UFMG), Raquel Prates (UFMG), Fabricio Benevenuto (UFMG), Pedro Olmo Vaz de Melo (UFMG) 

  • Processo de Design Colaborativo de Artefatos Tangíveis para Crianças

Isomar Lima (UFAM), Thais Castro (UFAM), Adriana Doroteu Dantas (UFAM),Marcos Paulo Siqueira de Farias (UFAM)

  • CAPCM - Construtor de arquiteturas pedagógicas para dinâmicas colaborativas com textos multimídia

Renan Almeida (UFES), Orivaldo Tavares (UFES), Luiz Reinoso (UFES)

  • Vox Uma plataforma Crowdsourcing para busca de pessoas desaparecidas e cadastro de moradores de rua

Priscila Knoop Silveira (IFSul), Rodrigo Ruas Oliveira (UFRGS), Rodrigo Remor Oliveira (IFSul)

 

10:30 - 11:00  Coffee-break

 

11:00 - 13:00  Palestra internacional - Prof. Geraldine Fitzpatrick (Vienna University of Technology)

Technology support for learning social-emotional skills for interaction - the building blocks of CSCW 

Premiação dos melhores artigos

13:00 - 14:30  Almoço

14:30 – 16:30 SECOMU

 

16:30 – 17:00 Coffee-break

 

17:00 – 19:00 Reunião da comissão especial - CESC

 

07 de julho de 2016

08:30 - 10:30  Sessão técnica 4 - Redes Sociais e Colaboração

  • Análise das Interações Sociais entre os Participantes de um Curso EaD: Uma Revisão Sistemática da Literatura

Francisco S.S Neto (UFAM), José Francisco Netto (UFAM), Dhanielly Lima (UFAM)

  • Por onde quero ir? Interesses pessoais na escolha de um trajeto urbano

Ana Paula Chaves Steinmacher (UTFPR), Igor Steinmacher (UTFPR), Marco Aurelio Gerosa (IME - USP)

  • PoI: uma Aplicação de Detecção de Pontos de Interesse

Alice Menezes  (UFAM), Thais Almeida  (UFAM), Bernardo Gatto(UFAM), Eulanda Santos  (UFAM), Eduardo Nakamura  (UFAM), Carlos Mauricio Figueiredo (UEA)

  • Análise da Ferramenta Blueprint de Valor no Cenário de Ecossistemas de Negócios de Software

Luciana Almeida (UFPA), Cleidson de Souza (ITV and UFPA)

  • Um Processo para o Desenvolvimento de Serviços de Colaboração em um Ecossistema de Software Científico

Marcio Arakaki (UFJF), Guilherme Martins (UFJF), José Maria David(UFJF), Regina Braga (UFJF), Fernanda Campos (UFJF), Frâncila Neiva (UFRJ)

 

10:30 - 11:00  Coffee-break

11:00 - 13:00  Sessão técnica 5 - Aprendizagem colaborativa com suporte computacional

 

  • Uma Revisão Sistemática da Literatura para Investigação de Estratégias de Ensino Colaborativo

Carla Berkenbrock (UDESC), Simone Erbs da Costa (FURB) 

  • Avaliação por pares como ferramenta colaborativa na correção de redações: Um experimento com o ambiente educacional MeuTutor

Thyago Tenório (UFAL), Ig Ibert Bittencourt (UFAL)

  • Uma Abordagem Colaborativa para Aprendizagem de Programação Orientada a Objetos

Leonardo Davi Machado (UDESC), Carla Berkenbrock (UDESC), Ivanete Siple (UDESC), Celso Hirata (ITA)

  • Sistema multiagentes para recuperação e análise de informações como suporte a mediação pedagógica em ambientes colaborativos de aprendizagem

Sabrina Panceri (UFES), Crediné de Menezes (UFRGS)

  • O uso de Storytelling para apoiar o compartilhamento de conhecimento

Roberta Salim (UFRJ), Angélica Dias (UFRJ), Juliana França (UFRJ), Bruno Lage (UFRJ), Marcos Borges (UFRJ)

Technology support for learning social-emotional skills for interaction - the building blocks of CSCW

Geraldine Fitzpatrick (Vienna University of Technology)

 

In Computer Supported Cooperative Work (CSCW) research, the focus is on enabling people to collaborate and communicate together via advances in mobile and social networking technologies. However, the basic social skills that are employed by people as part of these communications and collaborations are largely assumed and taken for granted.  We are interested in how technologies can open up opportunities to support the basics of social interaction, such as connectedness, rapport and empathy, and to support the teaching and learning of social and emotional skills. Drawing on recent advances in Psychology, Social Neuroscience and Prevention Science, as well as ubiquitous computing, I explore the design of new technologies to support the more implicit aspects of social interaction and the learning of social-emotional skills, with a particular concern for interactions in everyday contexts.

 

 

Design Science Research: método de pesquisa científica com desenvolvimento de artefatos

Mariano Pimentel (UNIRIO)

 

Muitas pesquisas na área de Sistemas de Informação são realizadas a partir do desenvolvimento de algum artefato: um sistema computacional, um dispositivo eletrônico, um método ou um modelo. Contudo, os métodos mais tradicionais de pesquisa, como Experimento e Estudo de Caso, não pressupõem o desenvolvimento de um artefato, sendo motivo de várias dúvidas de pós-graduandos(as) nesta área de pesquisa, o que eventualmente resulta em artigos, dissertações e teses com baixa utilidade ou rigor, em que: se faz a avaliação das qualidades do artefato sem com isso apresentar uma contribuição para a base de conhecimento científico (falta de rigor); ou se realiza um Estudo de Caso em cenários não-reais; ou se conduz um Experimento quando não é relevante a verificação da relação entre duas variáveis específicas. É em Design Science Research (DSR) que são encontrados fundamentos que legitimam o desenvolvimento de artefatos como um meio para a produção de conhecimentos científicos do ponto de vista epistemológico e filosófico, principalmente a partir da obra de Hebert Simon (1969) sobre as Ciências do Artificial. Este novo paradigma de fazer ciência tem se popularizado na área de Sistemas de Informação, principalmente a partir da década de 1990, sendo atualmente uma das abordagens de pesquisa mais importantes nesta área. Design Science Research possui semelhanças e diferenças com outras abordagens, podendo até ser confundida com Pesquisa-ação, sendo necessário o(a) pesquisador(a) compreender e diferenciar DSR do ponto de vista ontológico. Do ponto de vista metodológico, vários métodos já foram e ainda estão sendo propostos, não havendo um único método consensual e consagrado sobre como se faz pesquisa em DSR, o que também gera muitas dúvidas nos pesquisadores que adotam esta abordagem. Nesta palestra, irei discutir a relevância de DSR na área de Sistemas Colaborativos do ponto de vista epistemológico-filosófico; sua diferenciação de outras abordagens de pesquisa científica, do ponto de vista ontológico; e a profusão dos métodos de pesquisa em DSR. Serão também discutidos exemplos de pesquisas realizadas em Sistemas Colaborativos seguindo a abordagem DSR.

---------------------------------

Tópicos de Interesse:

A pesquisa em sistemas colaborativos abrange diversas áreas da computação, tais como Engenharia de Software, Banco de Dados, Inteligência Artificial, Sistemas de Informação, Interação Humano-Computador, Computação Móvel e Ubíqua, Sistemas Multimídia e Sistemas Distribuídos. Ela também compreende conhecimentos de outras ciências, tais como Sociologia, Antropologia, Psicologia, Educação e Comunicação.

 

A seguir é apresentada uma lista não exaustiva dos tópicos de interesse do SBSC 2016:

 

Redes Sociais e Colaboração:

  • Trabalho em rede

  • Redes sociais organizacionais

  • Reputação em redes sociais

  • Segurança, privacidade e identidade em redes sociais

  • Análises de redes de colaboração

 

Desenvolvimento e Avaliação de Sistemas Colaborativos:

  • Inteligência Artificial no suporte à colaboração

  • Sistemas distribuídos e aplicações peer-to-peer para colaboração

  • Sistemas multiagentes para colaboração

  • Tecnologias para o desenvolvimento de sistemas colaborativos (arquiteturas, frameworks, componentes, middleware, etc)

  • Estudos empíricos de times, organizações ou comunidades e suas implicações para o desenvolvimento de sistemas colaborativos

  • Estudos empíricos de avaliação de sistemas colaborativos

  • Modelos e métodos para projeto ou avaliação de sistemas colaborativos

 

Interação Social em Sistemas Colaborativos:

  • Comunicação mediada por computador

  • Contexto e awareness em sistemas colaborativos

  • Gestão de conhecimento e memória de grupo

  • Métodos para investigação da colaboração

  • Reputação, recomendação e inteligência coletiva

  • Segurança, privacidade e identidade em sistemas colaborativos

  • Suporte a reuniões (meetingware), negociação e decisão em grupo

  • Teorias e modelos de colaboração assistida por computador

  • Workflow, gestão de processos e coordenação

 

Sistemas colaborativos aplicados a domínios:

  • Ambientes de realidade virtual e aumentada

  • Aprendizagem colaborativa com suporte computacional

  • Colaboração utilizando dispositivos móveis

  • Desenvolvimento colaborativo e/ou distribuído de software

  • Jogos multiusuários e entretenimento digital

  • Novos dispositivos de interação, como objetos inteligentes

  • Redes sociais, grupos e comunidades virtuais

  • Tecnologias para colaboração na Web 2.0

 

Datas Importantes:

Submissão de artigos: 03/Abril/2016 até 17h (Prazo prorrogado)

Notificação de aceite: 03/Maio/2016

Envio da versão final: 18/Maio/2016

 

Formato e Submissão de Artigos:

Os artigos a serem submetidos devem apresentar uma pesquisa acadêmica original e relevante para a área de Sistemas Colaborativos. Serão aceitos relatos de pesquisa concluída ou em andamento.

 

  • Artigo de Pesquisa Concluída: o artigo submetido nesta trilha deve explicitar a metodologia científica empregada na pesquisa, deve conter uma seção para análise dos resultados, e precisa ressaltar as contribuições levando em consideração os resultados já publicados em outras pesquisas correlatas. Apenas artigos desta categoria serão considerados na seleção dos melhores artigos.

  • Artigo de Pesquisa em Andamento: O artigo submetido nesta trilha deve caracterizar o problema que busca resolver, enfatizando a relevância da pesquisa e a potencial contribuição para a área.

 

As submissões, seja de pesquisa concluída ou em andamento, devem seguir as regras:

  • O artigo pode ser escrito em português ou inglês.

  • O artigo deve conter no mínimo 12 e no máximo 15 páginas (incluindo as figuras, tabelas, diagramas, bibliografia e anexos), seguindo o modelo da SBC (http://goo.gl/MQ9VXB).

  • No cabeçalho do artigo não deverá haver nenhum tipo de identificação dos autores (para possibilitar blind review).

  • O artigo não pode ter sido publicado em outro fórum nem ter sido submetido à revisão em outras conferências.

  • O artigo deve ser submetido pela plataforma JEMS da SBC.Caso o artigo seja aceito, serão fornecidas instruções mais detalhadas para a versão final (por exemplo, artigos escritos em português deverão conter título e abstract equivalentes em inglês).

  • Caso o artigo seja aceito, ao menos um dos autores do artigo deve se inscrever no evento e se comprometer a apresentar o artigo no evento.

 

A seleção dos artigos será realizada a partir da revisão de pelo menos dois membros do comitê de programa. A revisão será duplo-cego (blind review) e com base em critérios: pertinência a pelo menos um dos tópicos do evento, relevância para a área de Sistemas Colaborativos, revisão da literatura, metodologia científica (no caso de pesquisa completa), originalidade, clareza e consistência dos resultados. Serão premiados os três melhores artigos.

 

Público alvo:

O SBSC2016 se destina a pesquisadores, estudantes e profissionais que queiram discutir sobre esta área multidisciplinar.

 

Comitê de Programa:

Adriana Vivacqua (UFRJ)
Alberto Castro (UFAM)
Alberto Raposo (PUC-Rio)
Ana Cristina Garcia (UFF)
Andrea Magdaleno  (UNIRIO)
Bruno Freitas Gadelha (UFAM)
Carla Berkenbrock (UDESC)
Carlos Ferraz (UFPE)
Celso Hirata (ITA)
Cesar Tacla (UTFPR)
Claudia Cappelli (UNIRIO)
Claudia Motta (UFRJ)
Cleidson de Souza (ITV e UFPA)
Clever Farias (USP)
Crediné de Menezes (UFRGS)
Cristiano Maciel (UFMT)
Daniel Paiva (UFPE)
Denise Filippo (UERJ)
Edeilson Milhomem Silva (CEULP/ULBRA)
Elaine Oliveira (UFAM)
Flavia Santoro (UNIRIO)
Geraldo Xexéo (UFRJ)
Hugo Fuks (PUC-Rio)
Igor Steinmacher (UTFPR)
Ivan Ricarte (UNICAMP)
Jauvane Oliveira (LNCC)
João Porto de Albuquerque (USP)
Jorge Correia Neto (UFRPE)
José Maria David (UFJF)
Marco Mangan (PUCRS)
Marco Aurelio Gerosa (USP)
Marcos Borges (UFRJ)
Mariano Pimentel (UNIRIO)
Melise Paula (UNIFEI)
Nazareno Andrade (UFCG)
Patrícia Tedesco (UFPE)
Pedro Porfirio Farias (UNIFOR)
Rafael Prikladnicki (PUCRS)
Raquel Prates (UFMG)
Renata Araujo (UNIRIO)
Rita Suzana Pitangueira Maciel (UFBA)
Roberta Gomes (UFES)
Roberto Willrich  (UFSC)
Rosiane de Freitas (UFAM)
Sabrina Marczak (PUCRS)
Thais Castro (UFAM)
Vaninha Vieira (UFBA)
Wallace Ugulino (PUC-Rio)

 

Eventos anteriores:

O Simpósio Brasileiro de Sistemas Colaborativos foi iniciado em 2003 na cidade de Salvador. Demais edições do evento ocorreram em Curitiba, São Paulo, Paraty, Belo Horizonte, Fortaleza, Vitória, Rio de Janeiro, Natal, Juiz de Fora, Ribeirão Preto e novamente Salvador.

 

O evento, que nasceu como uma trilha do WebMedia, tornou-se um workshop (WCSCW – Workshop Brasileiro de Tecnologias para Colaboração) e, a partir da aprovação da CESC (Comissão Especial de Sistemas Colaborativos) pela SBC em 2005, o evento passou a ser denominado Simpósio Brasileiro de Sistemas Colaborativos (SBSC).

 

Os anais das últimas edições do evento foram publicados pela IEEE e mais recentemente pela ACM.

 

Em cooperação com:

 

 

 

 

 

 

PATROCÍNIO PRATA
PATROCÍNIO OURO
PATROCÍNIO DIAMANTE
PARTICIPE TAMBÉM
PATROCÍNIO BRONZE
AGÊNCIA ORGANIZADORA
APOIO INSTITUCIONAL
REALIZAÇÃO
FOMENTO
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now